background

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Hong Kong Parte 1 - descobrindo...

Estou na maior correria e quase sem tempo de escrever sobre a viagem.
As fotos estao em um computador que não é o mesmo do trabalho e dai é só chegar em casa que fico com preguiça de abrir...fico o dia todo desenhando no CAD e quando volto pra casa a vontade é de ficar na cozinha cozinhando até me fartar! Mas isto infelizmente não é possivel no meio de semana. :(

Mas vamos ao que interessa né?
Hong Kong é uma cidade impressionante: é tão movimentada e apertadinha que quem não está acostumado com tanta movimentação acaba ficando confuso num primeiro momento. Em compensação tudo por lá é bem sinalizado e as ruas respeitam o pedestre e os deficientes fisicos.
Por ter sido colônia inglesa, recebeu muitas influências como na comida, modos, lingua e na cidade como por exemplo a mão inglesa para os automóveis.
Diversas vezes olhava para atravessar uma rua do lado errado!

Ficamos no hotel Chi Residences, um flat super novo em Kowloon e com um atendimento de primeira. A atendente falava um ingles perfeito, diferente de Beijing onde sofremos um bocado fora do hotel para nos comunicarmos! A comunicação por lá é bem mais facil, apesar dos senhores de idade ainda preservarem muito o chines como lingua "oficial". Os jovens falam fluentemente.

Chegamos lá pelo meio da tarde, já eram mais de 14h quando terminamos de arrumar as coisas no flat e descemos em busca de algo para comer. A minha sorte é que o marido já havia planejado quase todos os lugares que iriamos comer aqui no Brasil. Assim fica mais facil e não perdemos muito tempo.

Este restaurante ficava perto do flat. O Mak Man Kee é um restaurante pequenino que é especializado em noodles. Uma delicia e suuuper barato, como toda comida popular na China. Na frente do restaurante fica o provavel dono fazendo os pratos e no fundo as mesas e um pequeno banheiro na lateral. Dica: traga seu proprio guardanapo. Lá na China muitos restaurantes não servem! Ainda bem que estava carregando os meus lencinhos umidecidos do avião...

cardápio na parede em chines
entrada do restaurante
Pedimos noodles com wantan de camarão inteiro. Delicioso, caldo bem temperado e reconfortante...confort food total.
noodle com wantan de camarão
Pedi um de pé de porco. Sou suspeita para dizer que estava bom...adoro miudos.
hehe...pé de porco com noodles, muito bom! Caldo engrossado pela gelatina das cartilagens
detalhe para o recheio do wantan
Como na China não existe salada crua, pedia sempre algo refogado. E como é delicioso!
Uma amiga de trabalho me disse que sua avó taiwanesa não come legumes/verduras cruas. Para ela é "sujo" e tudo deve ser frito ou refogado. Até pouco tempo seus pais não comiam muita salada crua, agora estão começando a mudar de costumes. Será que é por isso que não encotrei lá na China? Interessante!

couve chinesa refogada com óleo de gergelim
cardápio em ingles
preparando...
Marido ainda estava esfomeado...então por que não comer uma sobremesa?
O restaurante ao lado do Mak, o Australia Dairy Company ( não achei site ) é um tipo de lanchonete que serve refeições rapidas. Com serviço extremamente rapido, de assustar mesmo: ao entrar um dos milhares de garçons já te encaminha pra uma mesa comunitária. O cardápio simples já esta em cima da mesa e assim que decidimos, demorou alguns segundos.

Pedimos um milk tea que é uma das bebidas típicas de lá, consiste em um chá preto com leite evaporado ou condensado quente ou frio. Como estava quente, pedimos a bebida fria, mas achei que estava com leite normal mesmo e não adoçamos.
E o melhor, na minha opinião foi o Steamed Egg White Pudding ou pudim de claras com leite quente! Delicioso, levíssimo e pouco doce. 
Haviam outros pratos como sanduiche com omelete, sopas com macarrão e presunto, comidas que lembram muito a inglesa. 

o pudim
mesa comunitaria e o restaurante bombando
Milk tea com muuuito gelo
fachada

queria ter provado o amarelinho, mas vai ficar pra proxima!

Depois da comilança, vamos queimar calorias andando pela cidade.
Não tenho muitas fotos da cidade nos primeiros dias, porque foi um dia reservado a compras! O que não comprei em Beijing, achei marcas de roupas que gosto em HK! E barato.

Lá existem muitos shoppings enormes, cheios de grifes que encontramos na Europa e Estados Unidos. Claro que passeamos por lá somente por curiosidade, nada para nossos bolsos.

E muitos, muitos edificios altos. Lindos.





4 comentários:

  1. Oi, Inessa!

    Gostaria de conhecer Hong Kong, quem sabe?!?!
    Hummm...que gostoso deve ser o pudim de claras com leite e quanto as iguarias com miudos, nao sou muito fa nao!!! rsrs...

    Abraco,
    adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Adriana!
      Eu amei HK, é uma cidade fantastica em tudo!
      Se puder vá sim para lá!
      abs,
      Inessa

      Excluir
  2. Olá!
    Hong Kong parece ser um lugar muito bonito e interessante. Já vi várias matérias sobre lá e achei bem legal. Durante à noite deve ficar mais bonito ainda!

    O que eu mais fiquei com vontade nesse post foi o pudim ;)

    Abs,
    Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carlos, HK é muito show! De noite entao com aquele show de luzes do Harbour é magnifico! Ainda vou postar muitas coisas...aos poucos! hehe
      O pudim tava bom demais!
      Bom final de semana!

      Excluir

Leia estes aqui também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget