background

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Beijing Parte 6 - Pato de Pequim - Restaurante Made in China

Para fecharmos nosso passeio por Beijing com chave de ouro, fomos jantar no Made in China um restaurante que serve o famoso Pato de Pequim ( pato laqueado ). Em vários guias e pela net, diz que é o melhor de Beijing. 

O restaurante fica no enorme hotel Grand Hyatt Beijing e tem uma decoração bem caprichada, linda.
Reservamos nosso prato principal alguns dias antes para não ter surpresas. É recomendado reservar o pato, pois o preparo é bem demorado.

entrada
bar
setor das massas
entradinhas ( soja e repolho curtido ) e o chá de jasmin que nunca provei outro melhor
setor dos grelhados



Haviam muitos estrangeiros, que foram chegando aos poucos e praticamente lotou o restaurante as 20h30. Como gosto de jantar cedo, chegamos lá pelas 19h30. 



Legal ver o movimentos das cozinhas, tudo parece uma sinfonia. Ficamos vidrados na rapidez do chefe de costas na foto acima. Ele ensinava a mocinha a rechear os guiozas, que minuciosamente colocava o recheio igualmente dosado para cada um. 


guiozas
pedimos 1/2 pato
Enquanto o pato não chegava, pedimos acelga chinesa refogada, que veio bem generosa e deliciosa.
acelga chinesa
Logo após chegaram os acompanhamentos: pepino, cebolinha em tiras, molho que parecia um composto de soja denso e adocicado, açúcar cristal, alho em pasta e as panquecas cozidas no vapor.

acompanhamentos do pato
panquecas finissimas
nosso 1/2 pato sendo destrinchado
Primeiro é servida a pele crocante e adocicada. Eu ,que evito peles de aves, tive que fazer um "esforço" para degustar esta maravilha! rs 

pele crocante
Depois chegou a cabeça e o peito tenro que derretia na boca.
Ah, vocês querem saber se a cabeça é comestivel? Sim, estava crocante...desculpe se estou assustando alguém, mas eu adoro algumas coisas exóticas, contanto que sejam bem limpas e feitas em locais igualmente limpos.

peito e cabeça
prato completo
Como comer?
Pega-se a panqueca, coloca a pele ou peito temperado com alho e açucar no centro, o pepino, cebolinha e por fim o molho. Enrola a panqueca como um envelope e pronto! É so comer.




Ficamos bem satisfeitos com meio pato e para finalizar um consomê com caldo de frango e acelga.


Achamos que apesar de ser um restaurante chique, não saiu tão caro em comparação com São Paulo num restaurante de mesmo nível. Praticamente 40 reais por cabeça, sem sobremesa.
Assim, fechamos muito bem nosso passeio!

Aguardem próximo post: Hong Kong!





2 comentários:

  1. Terminaram a estadia na China em grande estilo! Estou é doida pra ler os post do Japão, mas que venha Hong Kong! rss
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe tem bastante coisa ainda...nem cheguei na metade! rsrs "Guenta firrmee!"
      bjos

      Excluir

Leia estes aqui também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget