background

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Shoyu Udon pra aquecer

Estes dias tem feito um friozinho não?

Eu sinceramente não gosto de frio, não faz nada bem pra mim, minha pele fica aquela coisa horrivel seca e tenho que passar hidratante varias vezes ao dia, o que me irrita um bocado. Fora que é muito dificil de começar a correr, acordar de madrugada durante a semana e enfrentar o vento gelado na cara.

Mas a gente sempre dá um jeitinho de ficar aquecida, tomando um chazinho e comendo aquelas comidinhas reconfortantes como esta receita da minha vovó.

Minha versão é a mais facil: macarrão seco pronto e frango já sem pele agilizam o preparo.
Minha avó fazia o macarrão e como tem diferença, viu! O caldo fica grosso e quase cremoso, o frango quase inteiro ia pra panela e com pele, claro, para ficar com aquele estalo na lingua de tão gostoso.
Lembro muito bem dela preparando o famoso udon. Todo inverno tinha uma caldeirada imensa que começava a ser preparada já no começo da tarde.

Naquela época, decada de 80, ainda se comprava frango nas avícolas, onde os franguinhos eram abatidos lá mesmo e tinha-se um produto mais fresco. Hoje em dia não existem mais devido a higiene e problemas de contaminação...mas como tinha diferença no sabor!

Empiricamente, Dna. Rosa media a "olho" os ingredientes da massa: farinha, agua, um pouco de sal e passava numa maquina antiga dos tempos dela mais jovem para alisar a massa que aos poucos ficava comprida, comprida, compriiidaaaa e por fim era cortada na propria maquina, transformando-se em macarrão. O quintal ficava todo enfarinhado, o avental da vovó branco e eu tinha que ficar longe para não "estorvar" o trabalho. Mas mesmo assim eu adorava ficar olhando ela preparar, passar a farinha no macarrão já pronto pra não grudar.

Enquanto fazia o macarrão, o caldo já fervia no fogão. Basicamente, era preparado assim: bastante óleo e cebola, frango inteiro com patas, miudos , menos a cabeça iam para refogar e assim ficava até até pegar cor. Joga-se agua fervente até cobrir tudo e deixava fervendo algumas horas até que a carne soltasse dos ossos e estes ficassem moles. Assim, todo o sabor que vem dos osso e miudos se misturava na água dando o maravilhoso sabor deste udon. Ah, o shoyu, ela colocava quando o frango era refogado.

Caldo ok, o macarrão ia direto para panela, cozinhando e engrossando o caldo. Assim, conseguia-se aquela textura mais densa que preenche a boca. Hummm, no ochawan, com muita cebolinha e pimenta comari que meu pai fazia e bom apetite!


Minha versão rapida:

- 1 kg de frango, pode ser asinhas, pescoço,moela, coxas, etc com ou sem pele ( fiz sem )
- 1 cebola grande picada
- 2 colheres de sopa de óleo
- 2 colheres de sopa de hodashi
- 10 colheres de sopa de shoyu
- agua suficiente para manter a carne coberta
- cebolinha picada para servir ( eu usei alho poró )

Numa panela de pressão refogar a cebola até murchar, refogar o frango até dourar, adicionar shoyu. Colocar água fervente até cobrir todo o frango, adicionar o hondashi e tampe a panela. Contar 40 minutos assim que a panela começar a chiar. Desligar e esperar a pressão sair. Verificar se precisa de mais agua para assim adicionar o macarrão diretamente no caldo. Deixar cozinhar o macarrão e servir em tigelinhas com bastante cebolinha!! 

Para acabar com o frio né?


 




quinta-feira, 26 de abril de 2012

Sardinhas ao forno

Esses dias estão tão corridos que não tenho tempo pra fazer uma comidinha legal pra ser fotografada...em casa tem tido arroz - feijão, bisteca, macarrão...basico, nada muito espetacular.

Só para terem uma idéia, só agora tenho tempinho contado para postar rapidinho o que fiz no domingo passado. Sardinhas ao forno, receita que costumo fazer na panela de pressão, deram certo desta forma!

Versão adaptada da escabeche de cavalinha, substituindo por sardinhas:

- 800g de sardinhas em filé
- azeite a gosto ( capriche ! ) e um fio de vinagre balsâmico 
- 1 pimentão grande fatiado
- 3 cebolas grandes em rodelas
- 3 tomates grandes fatiados em rodelas
- 3 dentes de alho bem picadinhos
- sal e pimenta do reino moida na hora a gosto

Montar assim numa assadeira antiaderente: azeite; cebola, tomate; sardinha; alternando assim terminando com pimentão por cima. Regar com mais azeite, não esquecendo de temperar com sal a cada camada.

Assar por aproximadamente 45 minutos ou até que a água que se formar se reduzir pela metade.


As sardinhas são uma opção beeem mais barata pra quem não pode comprar salmão sempre ne? Também tem omega 3 um poderoso antioxidante, perfeito para meus treinos!

Parque do Ibirapuera: pós treino de terça passada! Friozinho bom pra correr!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Bibi Sucos

Esqueci de falar do Bibi Sucos! Uma lanchonete muito boa, com muitas opções no cardápio com lanches super generosos e sucos de diversos tipos.

Após o longão de sábado na praia de Copacabana, merecia um smoothie de morango geladinho!






Marido pediu tostex com queijo branco e banana + capuccino. Fica a dica!



quarta-feira, 18 de abril de 2012

Muffim de maçã e especiarias

Praticos e rápidos estes bolinhos!
Café da manhã garantido!




- 1/2 xicara de farinha de centeio
- 1/2 xicara de farinha de trigo
- 1/2 xicara de açúcar mascavo
- 1 xicara de compota de maçã
- 1/4 xicara de azeite
- 1 pitada de apple pie spice da Bombay ( pode usar canela,cravo e noz moscada em pó )
- 1 colher de sobremesa de bicarbonato de sódio
- 1 punhado de pinoles
- 1 ovo grande batido

Misture todos os ingredientes secos, adicione a compota e o ovo e misture até incoporar tudo com uma colher de pau. Não misturar demais.

Numa forma para cupcakes para 6 unidades, coloque em forminhas de papel.
Asse de 15 - 20 minutinhos. Faça o teste do palito.

terça-feira, 10 de abril de 2012

E o Rio de Janeiro continua lindo...

Feriado de Páscoa: Sol e calor carioca!

Saímos rapidamente da terrinha da garoa já na quinta feira de noite para aproveitar a cidade maravilhosa mais tempo possivel.

Já de manhã, fomos ver o Cristo, só não imaginávamos enfrentar longuíssimas filas! Ficamos a manha inteira para subir o morro!!

Mesmo nublado e com uns chuviscos deu pra ver toda a paisagem


Sábadão: dia de longão na praia! Na planilha de corrida: 1h50 de corrida. Então nada melhor que correr na orla Leme - Leblon + volta na Lagoa Rodrigo de Freitas! 

Pelas calçadas de Copacabana, ooo calor. As 8h já estavam 29°!!!
Volta na Lagoa, tava tão fresquinho...

Botafogo
Vista maravilhosa do Restaurante Pax, sentamos na mesa ao lado do janelão com vista para a praia.

Catamarã para Niterói
 Depois do almoço, partimos para Niterói. O passeio começa com o transporte de balsas ( catamarã ) de pessoas. Acho que deu uns 20 minutos até lá.

Ponte Rio  - Niterói
Esta ponte de aproximados 13km vai ser palco de uma corrida de 21km em maio dia 20. Queria correr esta, que vai ficar pra próxima, já que nesta data estarei descansando da maratona na China!!

Chegando em Niterói, fomos no ponto alto do passeio: MAC Museu de Arte Contemporânea. Ahhh Niemeyer...




Eu de escala humana! haha coisa de arquiteto


Final do passeio: passagem obrigatória na Confeitaria Colombo!


Salão interno com muitas mesas, lembram os antigos cafés europeus. Tem lá em cima também!

Vitrine de doces, muitos deles portugueses.

Pastel de Belem. Nada muito extraordinário






Fraldinha no misô

Feliz é o marido que chega em casa e tem uma fraldinha no misô fumegante na frigideira!
Fiz assim, facinho:
Refogue em frigideira antiaderente sem oleo :1kg de fraldinha limpa de gorduras e1 cebola fatiada até corar. Adicionar saquê mirim um fio por toda a frigideira + 2 colheres de sopa de misô. Incoporar tudo e sirva com arroz quentinho!





quinta-feira, 5 de abril de 2012

Julice Boulangére

Fui com minha amiga conversarmos de negócios na padaria da Julice. Com muitos elegios na mídia, resolvi marcar lá para um café tardio e conhecer o local.

Muito bonitinho, estilo rústico, tem uma lojinha na entrada com os diversos tipos de pães para voce escolher. Além dos varios acompanhamentos como geleias. Não consegui tirar fotos, vai ficar pra próxima.




Pedi um sanduiche tartine no pão miche com salmão defumado e cream cheese. Tava bom, mas nada que fosse algo extraordinário. 


Minha amiga pediu um sanduiche no pão ciabatta com peito de perú, cream cheese e geleias. Se não tivesse tão lá tão farto no doce ficaria perfeito.


O atendimento não foi muito bom não. A atendente que atendeu nossa mesa não sabia explicar que tipo de pão era o miche, nem outros itens do cardápio. Explicou o sanduiche de um modo que parecia ser um pão redondo cortado ao meio como um pão de hamburguer. E veio uma fatiazona!


Para finalizar fomos escolher alguns dos diversos pães na lojinha. Eu peguei um recem saido do forno: o de linhaça com castanha do pará!

Na minha opinião, vale a visita para comprar os pães. Achei os lanches normais e caros. 


segunda-feira, 2 de abril de 2012

Espanha - Barcelona - Viagens gastronomicas - Parte 1

Italia já foi...agora que venha Barcelona!

Marido chegou de noite e foi dar umas pernadas pela cidade. Encontrou este quilo chamado Fresco com muita opção de saladas, suco incluso, grelhados feitos na hora e sobremesa inclusa no preço fixo. Barato para ser restaurante deste tipo na Europa.  


Boa opção para comer bem baratinho.
 Mais a diante, uma lugar pra comer a sobremesa no Planelles Donat, na verdade uma bebida chamada Orxata tipica da Espanha de origem valenciana. Vegana, pode ser de arroz, gergelim,soja. Devia ser bem interessante. Esta da foto acompanhava uma bola de sorvete, que voce podia escolher o sabor. O da foto é de chocolate.



Depois passeando pelas ruas, presenciou um festival "Festa da Mercè", bem interessante:

Correfocs

video


Show de luzes: vejam só como é bem feito o jogo da luz com a arquitetura. Coisas que só vemos lá fora.







Leia estes aqui também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget