background

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Paella de aniversário

Sabado passado teve Paella!
Pronuncia-se "paelha" ou  "paêia" e não "paeja"...pelo menos foi o que meu professor de espanhol ( da Espanha ) me ensinou !!

Enfim, fiz esta de presente de aniversario da irmã, como ingredientes que ganhei dos sogros, que viajaram pra Espanha. Usei esse temperinho "paellero" e o arroz tipo Bomba, para paellas.
Os ingredientes restantes foram comprados no Ceagesp: lulas, camarões, pimentões, etc não tem lugar mais fresquinho pra comprar? hummm

Presentes dos sogros!



Minha paella

Para 4 pessoas

- 1 xicara e meia de arroz tipo bomba
- 1/2 xicara de azeite
- 2 litros de caldo de peixe 
- 500g de camarão medio
- 500g lula em rodelas
- 500g de mexilhao com concha
- 300g de sobrecoxas de frango picados
- 1 cebola grande picadinha
- 3 dentes de alho picadinhos
- 1 lata de tomate pelati
- 1 pimentão médio amarelo
- 1 pimentão médio vermelho
- 1 xicara de ervilhas frescas ( esqueci de comprar ! )
- 1 envelope de tempero paellero
- sal a gosto

Tire caldo de carcaças de peixe ou cascas dos camarões. eu Ganhei 2 cabeças de salmão do peixeiro e tirei caldo com 1 cabeça, alho poró, cebola e tomates.

Refogue a cebola no azeite até que fique transparente. Adicione o alho e depois o frango e frutos do mar. Reserve os mexilhões para enfeitar, por último. Depois de levemente refogados, adicione tomate pelati, pique-os com a colher de pau na panela mesmo. Coloque as ervilhas. Refogue. Adicione o tempero e mexa bem. Prove o sal.

Agora, o arroz; não lave. Ponha direto na panela, espalhando pela panela. Coloque logo em seguida o caldo, até que o arroz fique coberto. Abaixe o fogo. Não tampe a panela, assim que vai secando acrescente aos poucos o caldo. Coloque agora os mexilhões e os pimentões em tiras. Verifique o arroz, deve estar cozido, sem estar al dente. Pronto!


Saladinha da mami.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Restaurante Piano piano



Piano piano: um restaurante italiano em Moema é pequenino, mas com uma massa muito boa.
Pena que o ambiente era escuro e as fotos não ficaram boas...

Pedimos de entrada um pedacinho de burrata. Não pedimos inteira e nao tirei foto, pois o pedaço foi bem pequeno que melhor não ter registrado. Apenas para o marido experimentar. 



Este prato acima foi do marido, uma bistecona macia acompanhada de batatas saute e saladinha verde.

Este foi o meu, bem caprichado um papardele com ragu de cordeiro. Molho bem equilibrado com muuuitaaa carne! Massa fresca no ponto certo, pena que veio um pouco frio...

Rapei o prato!!

Restaurante Piano Piano
Avenida Moema 56 
Tel 11 5051-3053

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Scones

Ganhei este preparado da cunhada para fazer Scones, ele veio de Vancouver, Canadá.


Scone é um bolinho assado tipico ingles, acompanhamento do chá ingles da tarde.
Pesquisando, vi que podem ter formatos redondos grandes e medios e também triangulares como estes que eu fiz. Os redondinhos ficam mais faceis para serem recheados e os triangulares para comer como se fossem biscoitos. A receita é muito facil e ficam prontos em no maximo 20 minutos!


A receita do pacote pedia 2 ovos mais 1/2 xicara de leite. Achei que fosse demais para a quantidade pequena do pacote, mas segui a risca a receita. Acabei tendo que acrescentar mais 1 xicara de farinha! Fiquei com medo que não fosse dar certo, de não crescerem, mas acabei colocando mesmo assim no forno.
E não é que deram certo?? A massa lembra textura de sequilho na boca, mas mais pra um pão.  


Bom pra comer com geleia e cream-cheese acompanhado de chazinho..humm

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Italia - Roma - Viagens gastronomicas - Parte 2

Terceiro dia de viagem, o marido resolveu ir num dos restaurante ja planejados visitar: o Roma Sparita, um dos restaurantes visitados pelo chef Antony Bourdain no seriado Sem Reservas.   

Bairro das redondezas com ruas peculiares

Entrada do restaurante

Especialidade da casa: Tagliolini al Cacio e Pepe

Este prato acima foi o que o Antony Bourdain comeu num dos programas sobre a Italia. Pequeno para um tipica porçao de comida italiana, explica-se pela alta quantidade de queijos tanto no cestinho de queijo pecorino quanto no molho do macarão. Mas como disse o marido: "olha, sem noçao, estava moooito bom, nunca comi um igual "!!
Só a apresentaçao do prato não estava muito boa, este cestinho era pra estar no formato daquela casquinha de sorvete que comemos por aqui e o do prato estava desmanchado! Os vizinhos de mesa ao lado, um deles recebeu o prato perfeito como podem ver uma foto no site e outro recebeu o prato igualmente desmanchado.

O restaurante ficou mais famoso depois do programa, deixando de ser um local para entrar na rota turistica.

Serviço razoavel, garçom fala em ingles e cardapio em italiano.  

Roma Sparita
Piazza Santa Cecilia, 24 Roma - Zona Trastevere

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Italia - Roma - Viagens gastronomicas - Parte 1

Depois de escrever sobre os presentes que ganhei do marido da viagem de férias dele, vou contar dos lugares que ele visitou. Primeiramente em Roma depois Florença.

Algumas fotinhos durante o passeio turistico:

Coliseu

Fontana di Trevi

Panteon



Pizza romana, esta está com uma cara boa: funghi e presunto parma com mussarela. Refeição antes de continuar o passeio noturno até a Piazza Navona. Ele nao se lembra do nome da cantina, mas ficava na Via del Governo Vecchio. Custou 12 euros, esta é uma pizza individual !!

Piazza Navona

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Canjica para um dia frio e chuvoso

Feriadão + tempinho chuvoso e frio = resulta em uma canjica deliciosa que vi no blog Pecado da Gula, da querida Akemi.

Aqui em casa amamos este doce. Mas como não posso ficar comendo muito doce toda hora devido aos meus treinos para maratona ano que vem, faço especialmente para o café da manha e sobremesa do marido. Claro que uma colherada todo dia não vai matar ninguem, ne? rsrs

Akemi: plagiei sua foto, pra mostrar a cremosidade que ficou! 

Canjica

Deixe de molho 1 pacote de canjica (500g) com bastante agua durante 1 noite. No dia seguinte despreze a agua e volte a colocar novamente numa panela de pressão 4 dedos acima da canjica. Deixe pegar pressão em fogo medio, contando 40 minutos. Deixe a pressão sair naturalmente.

Ainda quente, separei metade para congelar. A outra metade adicionei 1/2 lata de leite condensado, 4 cardamonos, canela em pau de uns 5cm, 1/2 garrafinha de leite de coco light. Se acharem que falta caldo, acrescente leite até ficar do seu gosto.

Deixar ferver em fogo baixo até o caldo ficar cremoso e as especiarias soltarem aroma.
Não acrescentei cravo, acabaram em casa!


segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Zona cerealista de SP

Acabei de voltar do centro.
Vespera de feriado ou feriado prolongado, pensei que o trânsito não tivesse lá tão complicado.
Ledo engano! Afe, eu e minha mãe ficamos ida + volta mais ou menos 1hora no carro. Um trajeto que sem transito daria 20 minutos, foi feito em dobro! Ainda para piorar, chuva que ia e voltava...

Enfim, chegamos no emporio. Na minha cabeça era bem maior, com mais espaço para circulação. Um salãozinho claro, com pisos claros que eram limpos toda hora devido a chuva, do entra e sai das pessoas, formando uma melequinha de farinha e agua. Era necessario mesmo!

Entrei e esperei para ser atendida. O vai e vem frenetico das vendedoras, gente trombando em voce, que aviso não se distrair com as diversas opções de farinhas e cereais. Depois de alguns pisões no pé e trombadas nos ombros, perguntei se não podiam me atender. A moça disse: " você já tirou a senha ?" Quase morri.

Com a senha retirada, demorou mais um pouco. A loja estava lotada, as pessoas aproveitaram mesmo para fazer compras no centro. O mercadão estava bombando. E eu fiz o mesmo, aproveitei mesmo e comprei tudo que queria, alias, quase tudo ne? Tenho que me conter, como diz o Beto, por que passaria horas e horas nessas lojas e faria um rombo na fatura do cartão! rsrsrs

Ops, tem até repositor de malto no meio do carrinho! Pro meu treino para Maratona.

Assim que fui atendida, uma moça rapida e prestativa foi me perguntando rapidamente o que queria. 
A lista basica inclui farinha de centeio e farinha de aveia, frutas secas, quinua, amaranto e ingredientes para fazer granola/barrinhas. 

Mamis comprou menos coisas. Ervilha, arroz integral, quinua para fazer um tabule diferente, castanhas do Brasil. 

Ainda aproveitei para comprar no mercadinho ao lado no Batista, cardamomo e funghi secchi, com bastante variedade de temperos e condimentos.


Rua Santa Rosa 141
Fone 11 3315-1100
São Paulo - SP
Horario de Funcionamento:
Seg. a sex das 8h as 17:30h
Sabados das 8h as 13h

Batista Comercio de Cereais
Rua Santa Rosa 121
São Paulo - SP
Tel 11 32294732




domingo, 13 de novembro de 2011

Pão de forma integral caseiro

Sabe, estou me convencendo a fazer pão em casa. Pra mim, muitos pães integrais que encontramos nos supermercados não têm aquele gostinho bom do assado em casa, alem de terem conservantes e aromatizantes em sua composição.

O grande problema é o tempo, o pão tem toda aquela espera pra crescer 2 vezes e tal, tem que ter tempo e como esses dias estou bem atarefada com meus projetos arquitetônicos, acabo comprando no super mesmo =(

Sabado passado foi um dia pra ter tempo, com o marido que não queria sair por causa do dente siso retirado, tive todo sabado pra descansar e fazer pão! Adaptei a receita daqui.


Pão integral


- 250g farinha branca ( usei da normal mesmo, a receita pedia metade de grano duro )
- 250g farinha integral
- 1/2 pacotinho de fermento biologico seco
- 2 colheres de sopa de linhaça
- 50ml de suco de laranja
- 300ml água morna
- 1/2 colher de sopa de sal ( pode ser a gosto )

Misture 150g de farinha branca com o fermento e a agua morna. Deixe em repouso 20 a 30minutos até espumar ( esponja ). Coloquei numa bacia o resto das farinhas misturei e fiz uma cova no centro colocando o fermento e o suco. Sovar durante 15 minutos, até ficar liso e macio. Esta massa não deve grudar muito nas mãos, se precisar adicione mais farinha ou água. Unte um bowl com oleo e deixe a massa ai descansando até dobrar de volume. Eu deixei 1h aproximadamente.
Retirar o ar da massa dando uns soquinhos com punho fechado. Abrir em retangulo e enrolar a massa como rocambole e colocar numa forma para pão de 1L, untada e enfarinhada. Cobrir com uma toalha de prato e deixar crescer novamente até dobrar de volume.
Assar em forno 250° por 5 minutos e depois baixar pra 200° por mais 45 minutos ou até dourar.
O ponto deve ser testado ainda quente, tomando cuidado! Retire o pão e bata com as pontas dos dedos no fundo do pão, o som deve ser oco.
Deixe esfriar em grade. Isto evita que o fundo do pão fique úmido.





Massa crescida pronta pra assar!

Esfriando na grade


Quentinho com manteiguinha derretendo pra acompanhar uma sopinha de alho poró!


sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Dá-lhe gelatina!

Outra dica nutricional, dessa vez da revista Runner´s World
Aqui segue uma receitinha que você pode seguir adicionando 1 pacotinho de gelatina antes de ferver o leite pra fazer a coalhada!

Gelatina para articulações

Crédito: www.runners.es
A gelatina é o doce mais adequado para manter a forma e melhorar o rendimento esportivo
Bastam 10g de gelatina por dia para ajudar a reconstruir a cartilagem dos ossos, aumentar a velocidade de regeneração articular, promover a reconstrução dos tecidos depois do exercício e prevenir lesões, como tendinites e distensões, por exemplo.
O consumo regular de gelatina pode, inclusive, melhorar os sintomas de doenças ósseo-articulares, como a artrose ou a osteoporose. A  gelatina é rica em proteínas, contem 10 aminoácidos essenciais, entre os quais a prolina e a hidroxiprolina, que ajudam a formar e regenerar o tecido muscular trabalhado durante o treinamento.
A vantagem é que a gelatina não possui gordura nem colesterol como outros alimentos animais ricos em proteínas. A gelatina possui colágeno, a substância que forma os ossos, tendões, cartilagens e ligamentos, e que diminui no organismo com o passar dos anos.
Ao consumir gelatina regularmente você alimenta as articulações, além de prevenir e reduzir os riscos de lesões durante o treino. E tem mais, a gelatina tem poucas calorias, um copo por exemplo soma apenas 10 calorias. Assim você continua na dieta e pode consumir  uma sobremesa após as refeições sem peso na consciência.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Agua !

Olha que legal este texto do Rodolfo Lucena sobre hidratação!
Muito importante para atletas e não atletas!

Não se esqueçam de se hidratar!!


Não se esqueça de beber água, correndo ou não

Treinadores, nutricionistas e médicos são pródigos em recomendar ao corredor a ingestão de bastante água, mas nem sempre a gente cumpre o prometido. As lides do dia a dia, o trabalho, as precoupações fazem com que a gente acabe esquecendo de ir até o bebedouro ou de encher a garrafinha mais uma vez.
Ao fazer isso, o corredor está prejudicando seu desempenho em treino e aumentando o tempo necessário para sua recuperação, sem falar de outros problemas que podem ser causados pela falta de hidratação adequada.
Meu regime é de dois a três litros de água ao longo do dia. Vale aquela xícara de chá, mas os nutricionistas alertam que a maior parte deve ser da boa e velha água, geladinha ou fresca (quente não dá para encarar, não é?).
Eu recebi texto enviado pela nutricionista Regina Celia da Silva que destaca os benfícios da água: ela hidrata, lubrifica, controla de temperatura do corpo , transporta nutrientes, elimina toxinas , repõe energia, mantém a pele hidratada e transporta oxigênio e outros nutrientes essenciais para suas células.
Em contrapartida, a falta de hidratação adequada pode provocar, segundo o texto que recebi, “desvitalização dos cabelos; distúrbios de concentração; sono e memória, com perda da disposição para realização das atividades diárias, em virtude da circulação cerebral por baixa quantidade de água que faz o sangue ficar mais "viscoso" e "grosso", de circulação mais lenta; conjuntivites; sinusites; bronquites; pneumonias; constipação e por vezes, sangramento retal (devido a fezes ressecadas, endurecidas que lesam o tecido intestinal ao moverem-se em seu interior); impotência ou disfunções eréteis; no caso das mulheres, sangramentos vaginais.”

Durante a corrida ou mesmo treinos, eu costumo beber água a cada 30 minutos mais ou menos; se estou numa corrida, bebo em cada posto de água, dando pelo menos uns três goles. Com o calor, esses intervalos podem ser até menores.

Para verificar se a ingesta de água está adequada, uma forma é observar a cor da urina, que deve ser incolor. Quanto mais forte o tom, maior a indicação de falta de hidratação.

Os benefícios da água, além das funções que já citei antes, também são muitos. De alguns, eu nem suspeitava. Por exemplo: az água ajuda a emagrecer. A explicação da nutricionistas é a seguinte: “Isso acontece principalmente quando ela é consumida junto com fibras solúveis, encontradas, por exemplo, nas frutas e na aveia. Em contato com a água, as fibras incham como uma esponja e dão sensação de saciedade. A água também pode “enganar” temporariamente o estômago com sua presença, mas, como ela não sofre digestão e absorção, essa sensação passa rapidamente e a fome reaparece”.http://rodolfolucena.folha.blog.uol.com.br/

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Guioza com carne e legumes

Esse final de semana me deu um ataque de comida japonesa.
Até me empolguei e fui pra Liberdade com a mamis pra abastecer minha despensa de ingredientes tipicos.
Gosto de fazer compras na Casa Bueno e lá consigo encontrar tudo que quero.
Sempre compro shimeji fresco na bandejinha por R$2, é muito barato. Até o Ceasa nao consigo este preço! Vale a pena comprar bastante! Comprei também moyashi. Tem uma marca que sempre vendem la, o moyashi é bem graudo. O guioza tem de diversas marcas, vou no mais em conta, não costuma variar muito a qualidade.

Voltei com muitas sacolas pronta pra preparar o jantar:

Guioza com carne e legumes


- 1/2 cebola grande fatiada
- 1 alho poró em rodelas
- 2 colheres de sopa de oleo de gergelim
- 1 punhado de moyashi
- 1 bandejinha de shimeji ( nao precisa lava-lo, apenas tirar com uma escovinha caso achar um substrato ou outra impureza, se voce lavar vai absorver agua e isso não é bom! )
- fraldinha em tiras finas ( pode ser alcatra ou contra-file tambem, se quiser pode ate ser file mignon suino )
- 5 colheres de sopa de shoyu
- 5 colheres de sopa de mirim ( sake culinario adocicado )
- 1 bandejinha de guiozas ( 12 guiozas, eu comprei recheado de porco )

Adicione 1 colher de sopa de oleo e doure os guiozas. Reserve.

Refogue no oleo restante a cebola e o alho poro até ficar um pouco molinho. Adicione o moyashi e mexa rapidamente, até dar uma leve refogada para assustar. Não deixe ficar mole! Eu gosto que fiquem um pouco crocantes. Reserve.

Na mesma frigideira, frite a carne em fogo alto até dourar. Acrescente o sake mirim e o shoyu, misture e adicione os shimeji e deixe a panela tampada até que fiquem cozidos, mas não molengas. Adicione o moyashi + alho poro + cebola e misture até agregar o tempero. Empurre para o canto da frigideira e coloque os guiozas. Abaixe o fogo e tampe para abafar e cozinhar os guiozas por alguns minutinhos e esta pronto!

Leia estes aqui também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget